Carta Para Uma Amiga

2.7.16




AMIGA (O), tem gente que tem uma, tem gente que têm várias. Tem gente que tem uma amiga para cada coisa. Tem aquela amiga parceira das baladas e dos bares. Têm azamigas da faculdade, da escola, do cursinho. Tem aquela amiga da rua da avó. Tem amiga que é prima. Tem amiga que é irmã mesmo não tendo o mesmo sangue. Tem amiga Freud conselheira de todas as horas, a amiga do choro, do ombro amigo. Tem a amiga da alegria, das piadas, do riso solto. Tem amiga que é amiga da amiga. Tem amiga que é menos amiga. Tem amiga que é mais amiga. Têm as que já foram muuuito tua amiga e aquelas que você ainda vai cruzar por ai meio que sem querer.  Tem as amigas das novelas, das fofocas dos famosos, dos prints dos blogs de moda e de makes. Amigas das marcações nos IGs engraçados do Bode Gaiato... Amigas do papo cabeça sobre política, femininos e minorias.

Amizade é um tipo de relacionamento e têm suas fases boas e as não tão boas assim... Tem aquela época grude que num sabe ir à esquina se não for juntas (como diria mainha, parece que nasceram apregadas kkkk). Têm os tempos de distancias, os tempos dos namoros, das amizades novas.  Os tempos que a gente se lembra da amiga, mas quando percebe já se esqueceu de mandar uma msg perguntando como vão as coisas.

Quando o assunto é amigos, posso dizer que Deus foi muito gentil na hora que me fez.  Tenho, no mínimo, um bom amigo para cada um dos exemplos citados, mas talvez meu maior privilégio seja poder reunir quase todas essas características em uma só amizade.

Lá pelo inicio dos anos 2000 a vida me deu uma amiga que era amiga de uma amiga prima e que resolver ficar até hoje (espero que até o infinito e além) na minha lista de amiguinhas do meu coração. Ela é daquelas amigas que não importa a distância, não importa quanto tempo à gente fique sem se falar (coisa difícil de acontecer, dois dias sem whats já têm mil msg kkk), sempre será a mesma coisa. É com ela que eu assisto aquela novela turca que mais ninguém sabe que tá passando na Band. É pra ela que eu mando whats com: Ei, coloque na TV Senado. Lindbergh tá discursando, ah txão lindinho <3. É ela que eu marco nos textão sobre feminismo e igualdade de gênero. Ela é a primeira pessoa que eu envio os prints seguidos com a legenda, #pelascaridade que p* é isso? Kkkk...

É ela que me deixa atualizada sobre os famosos, as bandas novas, as musicas novas – eu nunca sei de nada kkkk. Que me marca nos IG fofinhos de texto e poeminhas de autores não conhecidos da grande massa. É dela a ligação que eu atendo no domingo à tarde que diz: E ai, vamos fazer o que nesse calorzão, cerveja na piscina? É Ela que está comigo nas fotos em Aviões na Paraíba; no carnaval de Caicó; no Pingo da Mei Dia em Mossoró; bebendo Ypioca em um dia qualquer só por que estavamos com vontade de beber mesmo. É com ela que eu faço vaquinha para comprar tequila (aliás, ela tá com uma mania cara de só querer beber José Cuervo, tá acabando com minhas moedas). É com ela que eu divido minhas lembranças frustradas das festas não idas porque não tínhamos dinheiro suficiente...

Não bastasse tanto, ela também é aquela amiga que sempre (e quando eu digo sempre é tipo sempre mesmo, acredite) diz “bora” para todas as loucuras que eu invento, mesmo ela sabendo que, na maioria das vezes, a coisa não vai rolar. Ela disse bora pro acampamento em Pipa; pro FDS em Canoa Quebrada; pra festa na cidade vizinha; pro carnaval em Recife (depois que a gente conhecer o carnaval de salvador, é claro); pro concurso do IBGE (mesmo ela sabendo que não irá nem abrir o edital); Pra cerveja lá em Hélio mesmo sabendo que se juntarmos nossas moedas não vai dá três cervejas kkkkk; Pra aula de zumba com professor do youtuber; Pra coreografia da Anitta; Pra corrida no final da tarde, mesmo sabendo que os rins não vão deixá-la correr por muitos dias. E ela também disse sim quando eu falei: Ei, vamos fazer um blog? A gente fazer uns textinhos e tal <3 <3 <3. Ela também disse bora pra minha ideia doida de virarmos vloggers, mesmo a gente não tendo um câmera boa, muito menos ruim kkkkkk.

Seria exagero dizer que ela também me conhece melhor do que eu mesma me conheço? Que ela tem a mania de sentir por mim as dores que nem eu mesmo sinto, mas ela jura que eu tô sentindo sim, só não quero dizer! kkkk... Ela sabe de tudo que passa na minha cabeça. Sabe das coisas que eu digo mesmo sem querer dizer, das que eu falo de mais só pra disfarçar, das coisas que eu só falo pela metade, das coisas que eu calo. Ela conhece meu silêncio igualmente conhece minhas palavras. Confesso que ela me conhece mais do que eu a conheço (ela já me surpreendeu em alguns momentos que eu jurava que a reação dela seria outra).

E todas essas letras e linhas foram só pra dizer o quanto eu sou agradecida por ter você na minha lista super criteriosa de amiguinhas do meu coração e por saber que eu também faço parte da tua lista. Já são tantos anos desejando feliz aniversário e parabéns que mesmo sem eu escrever, sei que você sabe que desejo que Deus te cubra de muitas bençãos, que realize teus desejos, que traga muita paz, que afaste as más energias e te permita realizar teus planos para 2017.



Da sua amiguinha,
                    Barbinha





PS: comecei a escrever essa “cartinha” logo depois de ler aquela marcação que você me fez no post da Gina falando sobre os velhos tempos que demostrar amor não era cafona e escrevíamos bilhetinhos com caneta glitter pras amiguinhas da escola. A caneta glitter tá custando quase o mesmo que uma latinha de Ypioca. Preferi deixar o dinheiro pra gente tomar um porre e comemorarmos teu aniversário. Escrevi a cartinha aqui mesmo no nosso blog.  




2 comentários:

  1. Me fez chorar no meu aniversário, mas tá perdoada...rsrrs
    Foi uma das coisas mais lindas que já fizeram pra mim, ameiii!!!
    Você sabe a importância que tem na minha vida e o amor que sinto por você, foi a irmã que Deus me permitiu escolher. Te amo <3

    ResponderExcluir