Quando A Gente Entende O Amor

26.6.17


ser pai


Todos os jovens se questionam sobre como é ser pai na juventude e o assunto é unanimidade em qualquer roda de conversa, os anseios, os medos, os prazeres perdidos ou não, ao saber que vai ser pai tão jovem ainda numa fase de descobertas e questionamentos sobre a vida, o futuro e tantas outras coisas.


Fico imaginando o quanto é interessante debater esse assunto com os jovens que começam a desenvolver relações sexuais cedo e sem nenhuma orientação - não falo aqui apenas em ser pai, mas em todas as outras coisas que podem acontecer com quem não se protege como deve.

Meu caso não foi diferente de muitos que por aí estão. Fui pai muito novo e descobri outros prazeres com a chegada do meu “Pequeno Príncipe”, como está sempre em alerta e com uma atenção redobrada com minha vida e com a dele - Chega de aventuras sem sentido. As responsabilidades agora são outras e preciso manter a cabeça no lugar, pois ele agora é prioridade em minha vida.

Não existem palavras que descrevam o quanto é gratificante ver o sorriso no rosto de seu filho quando você chega em casa cansado do trabalho ou de qualquer outro lugar. Ver sua alegria que contagia e que nos renova a alma.  Ver o seu desenvolvimento dia após dia, suas mudanças físicas, seu comportamento o seu entendimento sobre as coisas, é um conjunto de felicidade que transforma tudo em alegria e vontade de vê-lo crescer cheio de energia e muita saúde, graças a Deus.

Fico imaginando o quanto um ser tão pequeno pode mudar tanto a vida de alguém. Mudanças essas que só nos levam para o bem, para o amor, para felicidade em saber que existe alguém com toda sua inocência que nos ama desde cedo.

Meu “Pequeno Príncipe” hoje esta completando 1 ano de vida e a felicidade transborda por saber que ele está crescendo com muita saúde. O tempo passa rápido e os pensamentos que existiam ao saber que iria ser pai a cada dia se transforma em muito amor, carinho, felicidade e atenção que tenho por você meu filho.

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas” e você já me cativou e me cativa todos os dias, muito obrigado meu Deus por ter me presenteado com um ser tão maravilho que é meu Bernardo.


Um comentário:

  1. Obrigado pelas palavras meninas, quero muito bem a vocês, o Blog esta uma lindeza e a cada dia mais aconchegante a leitura... Xero grande!!!

    ResponderExcluir